Melilla Tempo, Tempo local , Temperature

Melilla
Previsão para hoje
2022-08-16
terça-feira

Céu geralmente limpo
alto:28°C,  82°F
baixo: 22°C,  72°F
Previsão Do Tempo:
2022-08-16
terça-feira

Céu geralmente limpo
alto:28°C,  82°F
baixo: 22°C,  72°F
2022-08-17
quarta-feira

Céu geralmente limpo
alto:30°C,  86°F
baixo: 25°C,  77°F
2022-08-18
quinta-feira

Céu geralmente limpo
alto:31°C,  88°F
baixo: 24°C,  75°F
2022-08-19
sexta-feira

Céu geralmente limpo
alto:29°C,  84°F
baixo: 23°C,  73°F
2022-08-20
sábado

Céu geralmente limpo
alto:29°C,  84°F
baixo: 24°C,  75°F


Instale Livre Tempo e ferramenta de!
Pressione o botão copiar e colar no seu blog ou website.
(Por favor, mude para o modo HTML ao postar em seu blog. Examples:
WordPress Example, Blogger Example, pixnet Example)


Escolha Cor(?):


Escolha Cor(?):
Selecionar Formato de data:



outras Cidades:

A Coruna, Alacant/Alicante, Albacete, Almeria, Avila, Badajoz, Barcelona, Bilbao, Burgos, Caceres, Cadiz, Castellon De La Plana, Ceuta, Ciudad Real, Cordoba, Cuenca, Donostia/San Sebastian, Girona, Granada, Guadalajara, Huelva, Huesca, Jaen, Las Palmas de Gran Canaria, Leon, Lleida, Logrono, Lugo, Madrid, Malaga, Melilla, Murcia, Ourense, Oviedo, Palencia, Palma de Mallorca, Pamplona, Pontevedra, Salamanca, Santa Cruz De Tene-Rife, Santander, Segovia, Sevilla, Soria, Tarragona, Teruel, Toledo, Valencia, Valladolid, Vitoria-Gasteiz, Zamora, Zaragoza,
 
















Melilla informações:
  • VÍDEO : Veja: como é que o aço e o carvão abriram . . . - euronews
    VÍDEO : Em 1951, seis países europeus uniram forças para criar um mercado comum de carvão e aço, introduzindo a ideia de supranacionalismo
  • Cinco mortos e 322 feridos no assalto a fronteira do enclave de Melilla
    Cinco pessoas morreram e 322 ficaram feridas hoje durante o assalto à fronteira do enclave espanhol de Melilla com Marrocos, disseram as autoridades dos dois países msn notícias pesquisa Web
  • Milhares de pessoas contra morte dos migrantes em Marrocos
    Manifestações aconteceram em Madrid, Barcelona e Rabat Milhares de pessoas manifestaram-se esta sexta-feira em Madrid, Barcelona e em Marrocos contra a morte dos 23 migrantes que tentaram romper a cerca de Marrocos para Melilla - um dos enclaves espanhóis no norte de África
  • Visão | Mais de 70 organizações pedem à ONU responsabilidades na . . .
    Cerca de 2 000 pessoas tentaram, em 24 de junho, entrar de forma ilegal no enclave espanhol de Melilla, a partir de Marrocos, e pelo menos 130 conseguiram, mas foram levadas para um centro de acolhimento temporário O incidente provocou 23 mortos, segundo os números oficiais, mas as organizações em causa garantem ter sido pelo menos 37
  • Atirados ao chão, ao sol, a sangrar. Nunca morreram tantas pessoas de . . .
    Na sexta-feira, cerca de 2 000 migrantes de origem subsaariana tentaram entrar ilegalmente em Melilla saltando a vedação de Nador (Marrocos) e 133 conseguiram passar para território espanhol A tragédia que ocorreu continua a somar mortes, que já são 23, de acordo com o número oficial, embora as associações elevem o número para 37, no meio de críticas à ação policial marroquina
  • Esperar alguma seriedade do Montenegro é tempo perdido, senhores
    A questão de utilizar ainda o Montijo durante algum tempo parece-me não fazer muito sentido quando o objectivo maior já está definido, a menos que haja compromissos com a Vinci, assumidos no tempo do Passos, que a isso obriguem Seria lamentável e outra perda de tempo A juntar à do Montenegro
  • Extrema violência: 37 mortos. Como, porquê?
    Outra das organizações que reagiram às mortes em Melilla foi o SOS Racismo, que sublinha que "é urgente reclamar igual preocupação e capacidade de ação para este problema que se prolonga


Tempo, Tempo local , Temperature